sábado, 8 de dezembro de 2012

Lahiri Mahasaya

Shyama Charan Lahiri (30 de setembro de 1828 — 26 de setembro de 1895) foi um grande iogue indiano e o guru de Sri Yukteswar Giri. Mahasaya é um título religioso em sânscrito que significa 'grande alma'.

Ele destacou-se entre os homens indianos sagrados por ter sido um chefe de família. 

Lahiri viveu com sua família em Varanasi, ao invés de morar num templo ou monastério distante da vida familiar. Mesmo assim, alcançou uma reputação substancial entre os religiosos do século XIX.

Paramahansa Yogananda conta muitas histórias sobre Lahiri Mahasaya em seu livro Autobiografia de um Iogue. 

Ele foi um funcionário de escritório até cerca dos trinta anos de idade, quando conheceu seu guru, Mahavatar Babaji. Lahiri foi escolhido por seu lendário guru para reintroduzir a prática perdida da Kriya Yoga para o mundo moderno. 

Os discípulos de Lahiri incluem os pais de Yogananada e seu próprio guru, Sri Yukteswar. Lahiri Mahasaya profetizou que o jovem Yogananda seria um grande yogue.


Ensinamentos

A prática espiritual central que ele ensinou aos seus discípulos foi a Kriya Yoga, uma série de práticas interiores de pranayama que prontamente agilizam o crescimento espiritual do praticante. 

Ele ensinou esta técnica a todos os interessados sinceros, independentemente de sua bagagem religiosa. 

Com relação à Kriya Yoga, ele disse:

"Sempre se lembre de que você não pertence a ninguém e ninguém lhe pertence. Reflita que algum dia você terá que, de repente, abandonar a tudo neste mundo. Assim, trave agora conhecimento com Deus.

Prepare-se agora para a futura viagem astral da morte viajando diariamente no balão da percepção de Deus. Pela ilusão você se percebe como um amontoado de carne e ossos, que, na melhor hipótese, é um ninho de problemas. 

Medite incessantemente que você possa rapidamente se saber sendo a Essência Infinita, livre de qualquer forma de miséria. Deixe de ser prisioneiro do corpo. Usando a chave secreta da Krya, aprenda a fugir para o Espírito."

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

BHAGAVAN KRISHNA: O CRISTO DO ORIENTE




                                                             

        Muitas são as histórias maravilhosas contadas sobre Jadava Krishna, o grande avatar e divino rei, que governou sobre Gujarat na antiga India.
Krishna veio à terra muito mais cedo que Jesus Cristo - mais ou menos três mil anos antes, conforme afirmam alguns eruditos - mas eles eram unos em espírito, ambos tendo atingido a Consciência Crística, ou unidade com a onipresença de Deus imanente em cada átomo da criação. 

Deste modo, eles podiam projetar suas consciências em cada ponto do cosmos, estando conscientes para ajudarem todos que estavam fisicamente longe deles.

Mas além da grande concomitância espiritual demonstrada em suas vidas, havia entre eles também muitas similaridades pessoais.

Ambos nasceram de pais fervorosos à Deus. A mãe de Krishna e seu pai foram perseguidos por seu perverso tio, o rei Kansa, assim como o rei Herodes atormentou os pais de Jesus.
Jesus foi comparado a um bom pastor de Deus; Krishna durante sua infância, escondendo-se de Kansa, cuidou de novilhas. 

Jesus venceu Satanás; Krishna venceu o demônio Kaliya. 

Satanás e Kaliya representam o mal, ou a ignorância de Deus. 

Jesus parou uma tempestade no oceano e salvou o barco de seus discípulos; Krishna impediu seus devotos e seus respectivos rebanhos de afogarem-se numa terrível inundação, levantando o monte Gowardhan sobre eles, como um guarda-chuva.

Jesus era chamado "Rei dos Judeus", embora seu reino não fosse deste mundo; Krishna era tanto rei terreno como divino. 

O destino de ambos foi profetizado nas escrituras, e ambos foram mortos por grupos desorientados:Krishna foi ferido mortalmente por uma flecha de um caçador, e Jesus foi crucificado por aqueles que ignoravam sua divindade. 

Estes dois avatares - ambos orientais - são comumente reconhecidos no oriente e ocidente como supremas encarnações de Deus.

Paramahansa Yogananda

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Oração da noite





Na paz da noite eu te adoro.
Desvaneceu-se a luz solar que rebelava miríades de tentações mundanas. 


Uma a uma vou fechando as portas dos meus sentidos, para que nem a fragrância da rosa nem o canto do rouxinol possam desviar meu amor por Ti.


Como à noite eu Te adoro no recôndito e no silêncio. 
No santuário da obscuridade eu Te invoco, Bem-Aventurado! Bem-Amado!

domingo, 18 de março de 2012

Sri Swami Yukteswar Giri: "Encarnação de Sabedoria"


No dia 09 de março comemora-se o aniversário da passagem de Swami Sri Yukteswar Giri, o Jnanavatar da Índia (“Encarnação da Sabedoria”) e guru de Paramahansa Yogananda.

Nascido em 1855, Swami Sri Yukteswar é hoje venerado por milhares ao redor do mundo que vieram a conhecer seus ensinamentos. Sua vida expressou o auto-domínio (self-mastery) e a divina realização que tem sido o mais elevado objetivo dos buscadores da verdade através dos tempos.

A vida deste grande mestre é admiravelmente descrita por Paramahansa Yogananda em sua Autobiografia de um Iogue. Paramahansaji escreveu sobre seu guru:

“Cada uma de suas palavras era cinzelada pela sabedoria. Sublime auto-confiança assinalava seu estilo expressivo, que era único. Sempre falou como ninguém, segundo minha experiência, jamais o fez. A essência da verdade, que o impregnava todo, a ponto mesmo de assumir função fisiológica, brotava dele como exsudação perfumada de sua alma. Eu tinha invariavelmente consciência de me achar em presença de uma manifestação palpitante de Deus. O peso de sua divindade fazia-me automaticamente inclinar a cabeça diante dele. . . .

“Sri Yukteswar era reservado e objetivo em seu comportamento. Nada havia nele de vago ou louco visionário. Seus pés assentavam firmes no chão, sua cabeça no porto dos céus. . . . Uma serenidade qual um bálsamo descia sobre mim à simples visão de meu guru. Cada um de meus dias com ele constituía nova experiência de alegria, paz e sabedoria."

Sri Yukteswar foi o autor do livro “A Ciência Sagrada” no qual ele demonstrou a unidade essencial dos ensinamentos das grandes religiões – especialmente o Hinduísmo e o Cristianismo. 

Um santo com um ponto de vista universal da verdade, ele reconheceu que uma síntese da herança espiritual do Oriente com a ciência e a tecnologia do Ocidente seria muito útil para aliviar o sofrimento material, psicológico e espiritual do mundo moderno.

Ele tinha profunda convicção que grandes avanços poderiam ser feitos – tanto individual quanto internacionalmente – por uma troca das melhores características de cada cultura. Com esta finalidade, e atendendo ao mandato de seu paramguru Mahavatar Babaji, ele enviou seu principal discípulo e sucessor espiritual, Paramahansa Yogananda, para a América em 1920 para disseminar mundialmente a antiga ciência da Índia de Kriya Yoga de comunhão com Deus.

domingo, 4 de março de 2012

Frases de Ramakrishna


“É a mente que faz alguém sábio ou ignorante, escravo ou livre.” 


“Tudo que é falso, é ruim, até mesmo a roupa emprestada. Se seu espírito não combina com a sua roupa, você está sujeito à infelicidade, porque é desta maneira que as pessoas se tornam hipócritas, perdendo o medo de agir mal e de dizer mentiras.”


“Se eu estender um lençol entre nós dois, você não poderá me ver, apesar de continuar a seu lado. Da mesma forma, embora Deus nos seja mais próximo do que qualquer outra pessoa, o véu do egoísmo nos impede de Vê-lo.” -


“A doença é o preço que a alma paga por ocupar o corpo, como o aluguer que um inquilino paga pelo apartamento onde mora.”


“Deus reside em todos os homens, mas nem todos os homens estão Nele. Por isso eles sofrem.”

"Todas as religiões são verdadeiras.
Cada uma leva à mesma verdade, assim como diferentes rios deságuam no mesmo oceano." 

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

AMMA...Ensinamentos


Muitas religiões 

"Não há mal nenhum em ter muitas religiões e credos, mas é prejudicial a pensar que eles são diferentes e que a fé é um maior e outro é menor. Filhos, não ver as diferenças. Ver a unidade em si e os grandes ideais que eles ensinam. "

- Mata Amritanandamayi Devi

Desejo da Amma

"Todos no mundo deve ser capaz de dormir sem temor, pelo menos por uma noite. Cada um deve ser capaz de comer ao seu preenchimento, pelo menos por um dia. Deve haver pelo menos um dia, quando os hospitais não ver ninguém internados por a violência. Ao fazer o serviço abnegado, pelo menos, um dia, todos devem ajudar os pobres e necessitados. É a oração da Amma que pelo menos este pequeno sonho ser realizado. "

- Mata Amritanandamayi Devi

Cuidar e Partilhar 

"O coração envia sangue para todas as células do corpo, e desta forma as células são nutridas. O mesmo sangue, então, flui de volta ao coração. Se o fluxo está obstruído, a pessoa vai morrer. Precisamos aprender esse processo de dar e tirar do coração. Para o benefício dos outros, e também para nós mesmos, devemos ter a atitude de carinho e partilha. Somos todos elos da cadeia da vida. Se um link é enfraquecido, que irá afectar a força da cadeia. "

- Mata Amritanandamayi Devi

Religião, Política e Paz

"As religiões não foram criados para causar problemas, mas para acabar com elas. Mas, quando as religiões se enredar com a política, tornam-se como flechas que desviou fora do alvo. Uma vez liberado, o caminho de tal uma seta é muito difícil de corrigir. As setas de ensinamentos religiosos que os líderes tirar do quiver das escrituras deveria ser capaz de despertar a espiritualidade nos seguidores. Quando esta meta for omitida e as religiões se tornam veículos para proteger os interesses individuais, os problemas começam a surgir. No entanto, quando o objetivo é a paz, espiritualidade ea unidade automaticamente prevalecer. "

- Mata Amritanandamayi Devi

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

ANIVERSÁRIO DE PARAMAHANSA YOGANANDA




Nascido na Índia, em 5 de janeiro de 1893, Paramahansa Yogananda devotou sua vida a ajudar pessoas de todas as raças e credos a compreenderem e manifestarem mais plenamente, em suas vidas, a beleza, a nobreza e a verdadeira divindade do espírito humano.

Em 1920, ele fundou a Self-Realization Fellowship para disseminar os ensinamentos que havia trazido para o Ocidente.

Entre os objetivos e ideais que ele concebeu para a sua sociedade encontram-se: difundir técnicas científicas para alcançar a experiência pessoal e direta de Deus, explicitar os princípios básicos da verdade e promover um espírito de maior harmonia entre os diversos povos e nações do mundo. 

Paramahansa Yogananda, um dos maiores mestres espirituais de nossa época, nasceu no Norte da Índia, e foi para os EUA em 1920, onde, por mais de trinta anos, ensinou a antiga ciência da meditação iogue. 

Paramahansa Yogananda foi o primeiro grande mestre da Índia a viver no Ocidente por um longo período (mais de trinta anos). 

Ele foi o último de uma sucessão de três grandes mestres indianos (Mahavatar Babaji, Lahiri Mahasaya e Swami Sri Yukteswar), tendo a missão de trazer para o ocidente a redentora mensagem e técnica de kriya yoga através da Self-Realization Fellowship.

Excepcional autodidata, explica com clareza em seu livro, "Autobiografia de Um Iogue", as leis sutis, mas definidas, pelas quais os verdadeiros iogues realizam milagres e atingem o autodomínio. 

Yogananda (1893-1952) é considerado um dos maiores emissários da antiga filosofia da Índia para o Ocidente. Associou os ensinamentos cristãos de Jesus com os ensinamentos hindus de Krishna. Um mestre da krya yoga - um tipo de yoga sagrada da Índia - que fundou a Self-Realization Fellowship, nos EUA, e a Yogoda Satsanga Society, na Índia. A Self possui ashrams, templos e grupos de meditação em vários países (inclusive no Brasil), onde os devotos se reúnem para praticar a meditação.

Amado Gurudeva, o seu amor perdurará até o fim de nossas vidas, de nossas gerações, para toda a eternidade. Que fizemos nós para sermos escolhidos dentre a imensa multidão dos cegos e ignorantes, para sermos despertados por Ti, amado ser radiante. Nos sentimos tão previlegiados, tão especiais com esta graça , que por vezes pensamos se somos dignos. Estás presente para sempre em nossas vidas Foi teu amor que nos atraiu, nos arrebatou. Neste momento não existem palavras, só amor, e é este amor que lhe oferecemos incondicionalmente para sempre, por toda a eternidade.

Neste dia gostaríamos de lhe dar todos os tesouros do mundo, mas sabendo que o maior de todos os tesouros é a devoção, presenteamo-lhe constantemente durante todos os dias de nossas vidas amando-te incondicionalmente.